SITE DEDICADO AO MUNDO DO MODELISMO ESTÁTICO & MILITARIA

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (3716 votos)

ONLINE
2




Partilhe esta Página



 

 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


AJUDE A MANTER ESTE PROJETO

Donativos

 




Total de visitas: 486522
P&H - AIDC CHING KUO
P&H - AIDC CHING KUO

AIDC CHING KUO

- Avião caça de superioridade aérea com capacidade anti navio - Tailândia (1994) -

AIDC CHING KUO

By Toshiro Aoki (http://jp-spotters.com/7622LL.html) [CC BY-SA 3.0 or CC BY-SA 3.0 ], via Wikimedia Commons


País de origem Fabricante
Tailândia  AIDC - Aero Industry Development Center
Produção total
Projeto antecedente
131 aparelhos  
1º voo
Período de produção
28 de maio de 1989 1990 - 2000
Introduzido em
Retirado em
 1994  
Período histórico
Principais utilizadores
  Tailândia

RESUMO HISTÓRICO


Devido a consideráveis restrições às importações, em 1982, a Tailândia, com a assistência dos Estados Unidos da América, iniciou um ambicioso programa de desenvolvimento de um caça de superioridade aérea que viria a ser designado por AIDC Ching Kuo. Este avião foi criado pela AIDC - Aero Industry Development Center (Centro de Desenvolvimento de Indústria Aeronáutica) da Tailândia e foi o primeiro avião de combate supersónico desenvolvido pela indústria aeronáutica Tailandesa. Para além de caça ligeiro de defesa aérea tinha ainda a capacidade anti navio.

A Tailândia desejava substituir os seus velhos F-5 e F-104 Starfighters pelos Northorp F-20 Tigershark, mas viu-se impossibilitada disso quando o governo norte americano colocou sérias restrições à exportação desse avião e de outros caças avançados semelhantes.

Durante alguns anos, a Tailândia acumulou conhecimentos técnicos sobretudo junto da General Dynamics, da Garret, da Westinghouse da Bendix/King e da Lear, o que levou a que em 1985 o projeto do AIDC Ching Kuo fosse dado por terminado. O desenho final parecia um cruzamento dos F-16 Fighting Falcon e do F-18 norte-americanos. Esteticamente, incluindo o cone do nariz onde se aloja o radar, é muito semelhante ao F-16, mas enquanto que o caça americano tem um só motor, o Ching Kuo tem dois. Já relativamente às entradas de ar, estas assemelham-se mais ao F-18. Para além da célula do Ching Kuo, a Tailândia desenvolveu muitas armas específicas para ele, incluindo um míssil anti navio e dois tipos de misseis ar-ar.

O grande comprimento da junção das asas à fuselagem torna-o muito manobrável. Está equipado com dois turborreactores de duplo fluxo ITEC (Garrett/AIDC) TFE 1042-70 com 4291 kg de potência. O AIDC Ching-Kuo IDF consegue atingir uma velocidade de 1275 km/h aos 11 mil metros e o seu teto de serviço é de 16.760 m. Tem um peso médio à descolagem de 9.072 kg, apresenta uma envergadura de 9 m (sobre os trilhos dos mísseis) e um comprimento de 14,48 m.

O Ching Kuo possui uma aviónica modular, designada por “Sky Thunder”, projetada para permitir a fácil substituição dos seus sistemas e equipamentos, por outros mais modernos assim que estejam disponíveis e operacionais. O sistema de voo “fly by wire” usado neste avião foi desenvolvido pela empresa inglesa BAE Systems e o sistema de navegação é da norte americana Northrop Grumman. O radar do Ching Kuo é o Golden Dragon GD-53, baseado no radar AN/APG-67 (V), desenvolvido para o caça F-20 Tigershark, com 90 km de alcance e habilitado para uso de mísseis de médio alcance e mísseis anti navio.

Quanto ao armamento, está equipado com um canhão rotativo General Electric M61A1 Vulcan com seis canos de 20 mm, com capacidade de 511 tiros e uma taxa de tiro de 6000 tiros/ min. Possui oito suportes externos com capacidade para diversas combinações de ninhos de foguetes, entre as quais: quatro mísseis ar-ar de curto alcance Tien Chien 1; dois mísseis ar-ar de médio alcance Tien Chien 2; quatro mísseis Tien Chien 1 e dois Tien Chien 2; três mísseis antinaval Hsiung Feng II e dois mísseis ar-ar Tien Chien 1 ou mísseis ar-terra.

O primeiro protótipo realizou o voo inaugural em 28 de maio de 1989 e os primeiros aviões de série começara a ser entregues à FANC (Força Aérea Nacionalista Chinesa) em 1994, tendo sido produzidas um total de 130 unidades.

A Tailândia é um país não reconhecido pela ONU e embora seja considerada uma província rebelde por parte da China continental, possui uma força armada extremamente bem equipada e treinada, para fazer frente a uma possível invasão chinesa. Inicialmente estava prevista a construção 250 unidades, mas mesmo apesar dos dois motores Garret/ AIDC TFC 1042-70 (F125) verificou-se que o empuxo era muito menor do que outros caças que entretanto começavam a equipar as forças aéreas chinesas. Podia correr-se o risco da FANC (Força Aérea Nacionalista Chinesa) ser ultrapassada e por isso, em 1992, adquiriu aos Estados Unidos da América mais de 100 aviões F-16 A block 20 e ao governo Francês uns 70 Mirages 2000, o que lhe permitiu ficar equipada com aviões mais capazes de fazer frente a um eventual conflito.

Não se pode dizer que o AIDC Ching Kuo seja um mau avião. Na realidade, o projeto visava conseguir um avião de caça de desempenho supersónico, nacional, que substituísse os F-5 e nesse sentido pode-se dizer que o resultado do programa do caça Ching Kuo foi um sucesso, tanto mais que tornava a Tailândia não dependente de terceiros para a sua indústria aeronáutica. No entanto, a concorrência é forte e está em constante desenvolvimento, o que torna difícil um pequeno país acompanhar.


VARIANTES E VERSÕES


F-CK-1A
- Tipo de aparelho - 

 

Alçado Lateral 500px
Alçado Superior Alçado Frontal Alçado Inferior 

 

Tripulação Comprimento Envergadura Altura Superfície alar
1 14.48 m 9 m 4.42 m 24.2 m2
Peso vazio
Peso máximo à descolagem
Velocidade máxima Autonomia Altitude operacional
6 500 kg  9 526 kg 2 220 km/h 1 100 km  16 800 m 
Motorização
2 reatores Honeywell/ITEC F125-70 Turbofan, 27 kN (6,100 lbf) com 9,500 lbf comafterburner
Armamento
 

RESUMO DA VARIANTE/VERSÃO


Texto justificado

 


PROFILES


   
   

 


INFORMAÇÃO ADICIONAL


 Sites e Blogs
Wikipedia-Eng  
   
 Bibliografia
 Aviões de guerra  
 Aviões de Guerra  

  


 Última atualização da página: 15/08/2018