Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (2888 votos)

ONLINE
1




Partilhe esta Página



 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


AJUDE A MANTER ESTE PROJETO

Donativos


click here


Total de visitas: 363058
P&H - Lockheed F-117 Nighthawk
P&H - Lockheed F-117 Nighthawk

 

 

Lockheed F-117 Nighthawk

 
- Avião caça-bombardeiro estratégico furtivo - E.U.A. (1983) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

  Lockheed F-117 Nighthawk  

Link original: By Staff Sgt. Aaron Allmon II (http://www.defenselink.mil/) [Public domain], via Wikimedia Commons


RESUMO HISTÓRICO


O Lockheed F-117 Nighthawk foi um avião bombardeiro bimotor de asa voadora com tecnologia de camuflagem («stealth») em que apenas 5% da estrutura é composta por metal.

As primeiras utilizações em combate do F-117 foram em 1988, no Panamá, e em 1991, na Guerra do Golfo. Em 1999, o primeiro destes aparelhos foi abatido em combate na Jugoslávia.

O Lockheed F-117 permite o abastecimento durante o voo e integra um sistema de alvo e deteção por infravermelhos passivo, porém não possui radar de interceção aérea, o que prejudica as suas características de camuflagem.

A atribuição do F a este bombardeiro deve-se a um erro de classificação consciente, relacionada com uma operação de camuflagem já iniciada na fase de desenvolvimento.

 

  Designação do aparelho  

Esquema B&W: NotLessOrEqual, CC0, via Wikimedia Commons


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
E.U.A. Lockheed Corporation
Tipologia de missão / Função
 
Projeto antecedente Desenvolvido em
Lockheed Have Blue  
voo Introduzido
18 de junho de 1981 Outubro de 1983
Período de produção Aposentado
1983 - ? 22 de abril de 2008
Design Quantidade produzida
  64 aparelhos (5 YF-117As, 59 F-117As)
Custo unitário  
US$42.6 milhões (custo de voo)
US$111.2 milhões (custo médio)
 
Período histórico
Guerra do Golfo

CARACTERÍSTICAS GERAIS

Comprimento Envergadura Altura Superfície alar
20,09 m (65,9 ft) 13,20 m (43,3 ft) 3,78 m (12,4 ft) 73 m² (786 ft²)
Peso vazio Peso carregado Peso máximo à descolagem Teto máximo
13 380 kg (29 500 lb)   23 800 kg (52 500 lb)  Kg 13 716 m (45 000 ft)
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Autonomia bélica Autonomia (MTOW)
993 km/h (536 kn - 0,92 Ma)  Km/h  Km 1 720 km (1 070 mi)
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
 m/s Kg/m2 W/Kg 2.4
Tripulação
1
Motorização
2 turbofans General Electric F404-F1D2 com uma força de empuxo de 4 894 kgf (48 000 N) por motor
Armamento / Carga bélica
Metralhadoras / Canhões
 
Foguetes / Misseis / Bombas
2 bombas do tipo Mk-84, GBU-10 Paveway II, GBU-12 Paveway II, GBU-27 Paveway III, BLU-109, Mk-61 ou WCMD

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
- Tipo de Avião - 
Texto
 

PRINCIPAIS UTILIZADORES


País:  Resumo

HISTORIAL


O extraordinário e estranho Lockheed F-117 Nighthawk é um caça-bombardeiro estratégico furtivo de um só assento, bimotor, desenvolvido pela divisão de projetos secretos da Lockheed, denominada Skunk Works e operado pela Força Aérea dos Estados Unidos (USAF).

O Nighthawk foi mantido em segredo durante doze anos até ser revelado ao público, em 1988. Desde o projeto Manhattan (construção da primeira bomba atómica) que não se verificava nada de semelhante. E o caso não era para menos. O F-117 foi baseado no demonstrador de tecnologia Lockheed Have Blue e foi o primeiro avião operacional a ser projetado em torno da tecnologia furtiva (invisível ao radar).

Para isso, os projetistas da Lockheed desenharam um avião com uma forma bizarra, diferente de tudo o que voava até então. A sua superfície externa assemelha-se a um diamante facetado, evitando assim que os radares consigam fixar a sua imagem e detetem apenas uma ligeira cintilação que aparece e desaparece a grande velocidade. Toda a fuselagem deste avião é recoberta por um material que absorve as ondas de radar e que o ajudam ainda mais a permanecer praticamente invisível ao radar.

O voo inaugural do Nighthawk ocorreu, ainda em segredo, em 1982, em Groom Lake, no Nevada. Em 1983, o avião alcançou a sua capacidade operacional ao equipar o 4450 Tactical Group. O F-117 Nighthawk teve o seu batismo de fogo no Panamá e foi, até 2008, altura em que foi retirado de serviço, um dos sistemas de armas mais sofisticado da USAF.

Em 1991 soma sucessos em todas as operações levadas a cabo contra alvos iraquianos, na primeira Guerra do Golfo e é nesse conflito que o F-117 passa a ser amplamente divulgado/conhecido. Embora fosse comumente referido como o "Stealth Fighter", era basicamente um avião de ataque, praticamente impune, mesmo em cenários aéreos extremamente hostis. Atacava os seus alvos com uma precisão quase cirúrgica e só quando surgiam as primeiras explosões é que o inimigo percebia que estava a ser atacado.

Nas armas do F-117 podia constar a maioria do arsenal da USAF, mas, na Guerra do Golfo foram utilizadas maioritariamente bombas orientadas por laser GBU-27 e GBU-27/B.

O F-117 Nighthawk é conhecido entre os seus tripulantes por Black Jet e  pode operar em qualquer parte do mundo, sem escalas, uma vez que pode ser abastecido em pleno voo; é um avião com baixo consumo de combustível e pode executar missões que necessitariam anteriormente de um esquadrão inteiro; tem uma precisão de tiro com uma margem de erro de centímetros.

Apesar de tudo não é uma fortaleza inexpugnável. Os F-117 participaram no conflito na ex-Jugoslávia, ao serviço da NATO, e aí um foi abatido por um míssil terra-ar (SAM) após uma incursão a Belgrado em 27 de março de 1999; foi o único Nighthawk a ser perdido em combate.

A Força Aérea dos EUA retirou os F-117 de serviço em 22 de abril de 2008, principalmente devido à introdução do mais sofisticado Lockheed Martin F-22 Raptor. Ao todo foram construídos sessenta e quatro F-117, cinquenta e nove dos quais eram versões de produção, sendo os outros cinco demonstradores/protótipos.

Aviões de comparável missão, configuração e época

       
       

GALERIA


     

VIDEOS


     

PROFILES


     

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
 Bibliografia
 Aviões de guerra Aviões-TPM
 Aviões de Guerra Aviões - Tecnologia de ponta e mobilidade

  


 Última atualização da página: 19/04/2021