Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (2264 votos)

ONLINE
4




Partilhe esta Página



 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


  

EXPOSIÇÕES NACIONAIS


OS MEUS KITS

ÚLTIMO TRABALHO REALIZADO


MILITARIA

ÚLTIMO AVIÃO A HÉLICE INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Arado AR 64

Arado AR 64

 Arado AR 65

Arado AR 65

Heinkel He 70 (Blitz)

Heinkel He 70 (Blitz)

Dornier Do 17

Dornier Do 17

Heinkel He 50

Heinkel He 50

Heinkel He 111

Heinkel He 111

Henschel Hs 123

Henschel Hs 123


ÚLTIMO AVIÃO A REATOR INTRODUZIDO/ATUALIZADO 

British Aerospace Nimrod

British Aerospace Nimrod

De Havilland DH 106 Comet

De Havilland DH 106 Comet


ÚLTIMO HELICÓPTERO
INTRODUZIDO/ATUALIZADO

AgustaWestland EH-101 Merlin

AgustaWestland EH-101 Merlin


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE LAGARTAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Churchill tank

Churchill tank


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE RODAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Semilagarta M5

Semilagarta M5


 

AJUDE A  MANTER ESTE PROJETODonativos



Total de visitas: 252724
P&H - De Havilland DH 106 Comet
P&H - De Havilland DH 106 Comet

De Havilland DH 106 Comet

- Avião civil de transporte - Reino Unido (1952) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

de Havilland DH 106 Comet 

BEA_De_Havilland_DH-106_Comet_4B_Manteufel.jpg: Ralf Manteufelderivative work: Altair78 [GFDL 1.2, GFDL 1.2 or GFDL 1.2]


RESUMO HISTÓRICO


O Havilland DH 106 Comet, ou simplesmente Comet, foi um avião comercial, construído pela empresa aeronáutica inglesa de Havilland, que ficou para história como o primeiro avião comercial propulsionado por motores a jato.

O Comet possuía quatro reatores embutidos nas asas e começou a operar em 1952, na companhia aérea inglesa British Overseas Airways Corporation - BOAC, tendo realizado o primeiro voo entre Londres e Joanesburgo.

O Comet foi o primeiro avião a propiciar o glamour e conforto da era a jato, cobiçada pelas principais companhias aéreas da época, tais como a Pan-Am, a BOAC e a TWA. No entanto, em 1954, ocorrem dois acidentes fatais, causando a desintegração dos dois aparelhos, um da BOAC e outro da South African Airlines, na época subsidiaria da BOAC. Todos os aparelhos foram proibidos de voar novamente até que se encontrassem as causas que originaram esses acidentes.

O inquérito realizado veio demonstrar várias falhas associadas ao projeto, algumas delas até então desconhecidas. Por um lado, ao voarem a grandes altitudes, os aviões eram sujeitos a grandes oscilações térmicas que eram agravadas pelo sistema de pressurização e, por outro, porque as janelas quadradas e as entradas das antenas do rádio sofriam maior pressão, ocasionando microrroturas, que se agravavam durante o voo levando à fadiga do material, com as consequências drásticas que daí advinham. Assim, aquele que parecia um avião com um futuro promissor foi retirado do uso comercial. No entanto, não foi propriamente o seu fim já que, mediante grandes alterações ao projeto original, começou a ser operado pelos militares sob a designação de Hawker Siddeley Nimrod.

 

Designação do aparelho

Esquema B&W


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
Reino Unido de Havilland
Tipologia de missão / Função
Avião civil de transporte
Projeto antecedente Desenvolvido em
  Hawker Siddeley Nimrod
voo Introduzido
  27 de julho de 1949   2 de maio de 1952
Período de produção Aposentado
1949 – 1964   14 de março de 1997 (Comet 4C)
Design Quantidade produzida
  114 aparelhos (incluindo protótipos)
Custo unitário  
  Comet 1: £ 275 mil (1952)  
Período histórico
 

CARACTERÍSTICAS GERAIS

Tripulação Comprimento Envergadura Altura
4  (piloto, co-piloto, engenheiro de voo e operador de rádio/navegação) 28 m (Comet 1)
29,29 m (Comet 2)
33,99 m (Comet 3 e 4)
35 m (115 pés) 8,99 metros (29,5 pés), incluindo a cauda
Superfície alar Peso vazio Peso máximo à descolagem Teto de serviço
187, m2 (Comet 1, 2 e 3)
197 m2 (Comet 4)
 Kg 50 000 Kg (Comet 1)
54 000 Kg (Comet 2)
68 000 Kg (Comet 3)
71 000 Kg (Comet 4)
13 000 m (Comet 1 e 2)
14 000 m (Comet 3)
13 000 m (Comet 4)
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Autonomia Autonomia máxima
 Km/h 740 Km/h (Comet 1)
790 Km/h (Comet 2)
840 Km/h (Comet 3 e 4)
 Km 2 400 Km (Comet 1)
4 200 Km (Comet 2)
4 300 Km (Comet 3)
5 190 Km (Comet 4)
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
 m/s Kg/m2 W/Kg 6.54 (Comet 1, 2 e 3)
6.22 (Comet 4)
Motorização
Comet 1
4 Turbojatos Halford H.2 Ghost 50 com 2 240 quilogramas-força (22 000 newtons) de empuxo
Comet 2
4 Turbojatos Rolls-Royce Avon Mk 503/504 com 3 160 quilogramas-força (31 000 newtons) de empuxo
Comet 3
4 Turbojatos Rolls-Royce Avon Mk 502/521 com 4 490 quilogramas-força (44 000 newtons) de empuxo
Comet 4
4 Turbojatos Rolls-Royce Avon Mk 524 com 4 790 quilogramas-força (47 000 newtons) de empuxo
Passageiros
36–44 (Comet 1 e 2) / 58–76 (Comet 3) / 56–81 (Comet 4) 

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
Texto

PRINCIPAIS UTILIZADORES


País:  Resumo

HISTORIAL


Texto


GALERIA


   

VIDEOS


   

PROFILES


   

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
 Bibliografia
   
   

  


 Última atualização da página: 25/04/2020