SITE DEDICADO AO MUNDO DO MODELISMO ESTÁTICO & MILITARIA

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (3716 votos)

ONLINE
1




Partilhe esta Página



 

 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


AJUDE A MANTER ESTE PROJETO

Donativos

 




Total de visitas: 486507
P&H - Nieuport 17
P&H - Nieuport 17

Nieuport 17 / Nieuport XVII C.1 

- Avião de caça - França (1916) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

  Nieuport 17  

Link original: Réplica de um Nieuport 17/2B em voo num espetáculo aéreo em 27 de julho de 2019


RESUMO HISTÓRICO


O Nieuport 17 (ou Nieuport XVII C.1 segundo fontes atuais) foi um avião de caça monomotor, sesquiplano, com escoras externas, que dispunha de uma metralhadora sincronizada, capaz de disparar entre as pás da hélice.

Amplamente utilizado pelas forças aliadas, na Frente Francesa, durante a 1ª Guerra Mundial, o Nieuport foi desenvolvido para substituir o Nieuport 11, mas, genericamente, era uma versão melhorada e mais resistente deste, equipada com um motor mais potente, asas maiores e uma estrutura geral mais refinada.

Na altura da sua introdução, em março de 1916, estava equipado com um motor Le Rhône 9J de 110 cv, mas nas versões que se sucederam, chegaram a utilizar-se motores de 130 cv. Isso associado a uma excelente manobrabilidade e uma ótima razão de subida dava-lhe uma significativa vantagem sobre os caças inimigos. Tinha, no entanto, também alguns problemas sérios, nomeadamente ao nível da asa inferior que era fraca devido à sua construção com uma única longarina que tinha a tendência de se desintegrar em mergulhos longos em alta velocidade. Por conta disso, os Nieuports britânicos foram reforçados com várias modificações estruturais.

Ainda assim, o Nieuport 17, juntamente com o caça britânico DH.2, foi crucial para deter o poder avassalador do avião alemão Fockker Eindecker, que reinava nos céus no começo da guerra. Não é por isso de estranhar que muitos dos grandes ases franceses tenham pilotado o Nieuport 17. Porém, não foram os únicos já que esse aparelho também foi pilotado por ases britânicos, canadianos e italianos, que neles conquistaram muitas das suas vitórias.

Foi amplamente utilizado pelo Serviço Aéreo Naval e pelo Royal Flying Corps, uma vez que o caça francês era superior a qualquer outro caça britânico desse período. Durante a Batalha de Arras, os britânicos empregaram Nieuports para atacar balões cativos e dirigíveis de observação inimigos, usados para localizar as forças aliadas, para isso foram instalados pequenos foguetes nas escoras das asas, com o propósito de os incendiar.

O Nieuport 17 era de tal modo avançado e constituiu uma tal surpresa para os alemães que muitos dos aparelhos capturados foram enviados para fabricas na Alemanha a fim de serem testados e copiados. Dessa espionagem industrial resultou o Siemens-Schuckert D.I e o Euler D.I que, à exceção do motor, eram uma cópia fiel do caça francês. Mas o uso que os alemães fizeram do Nieuport 17 não se ficou por aí. Os mecânicos alemães também retiraram muitos motores de Nieuports abatidos ou capturados e reutilizaram-nos nos seus aviões uma vez que estes se mostravam genericamente mais potentes e fiaveis que a maioria dos motores germânicos então disponíveis.

Em meados de 1917 apareceram novos caças alemães e o Nieuport 17 viu-se ultrapassado tanto em velocidade como em poder de fogo. Assim, a Nieuport desenvolveu novos modelos - o 24 e o 27 - a fim de recuperar o domínio nos céus da Europa.

Finda a 1ª Guerra Mundial, o Nieuport 17 passou a ser usado sobretudo como avião de treino avançado para pilotos de caça.

 

  Nieuport 17  

Esquema B&W: NiD.29, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
França Nieuport
Tipologia de missão / Função
Avião de caça / Treino avançado
Projeto antecedente Desenvolvido em
Nieuport 11 / Nieuport 16 Nieuport 23
voo Introduzido
Janeiro de 1916 Março de 1916
Período de produção Aposentado
1916 - 1918  
Design Quantidade produzida
  +/- 3 600 aparelhos
Custo unitário  
   
Período histórico
1ª Guerra Mundial

CARACTERÍSTICAS GERAIS - Nieuport 17 C.1

Comprimento Envergadura Altura Superfície alar
5.8 m (19,0 ft) 8.16 m (26,8 ft) 2.40 m (7,87 ft) 14.75 m² (159 ft²)
Peso vazio Peso carregado Peso máximo à descolagem Teto máximo
375 kg (827 lb)  Kg 560 kg (1 230 lb) 5 300 m (17,4 ft) 
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Autonomia bélica Autonomia (MTOW)
177 km/h (110 mph, 95,6 kn)  Km/h  Km  Km / 1:45 h(m)
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
 m/s 37.9 Kg/m2 1.15W/Kg 4.5
Tripulação
1
Motorização
1 motor a pistão Le Rhône 9Ja de 9 cilindros com uma potência de 110 cv/hp (81 kW)
Hélices
Hélices de madeira de passo fixo com 2 lâminas Eclair 4 ou Levasseur 484 com 2.4 m de diâmetro, 
Armamento / Carga bélica
Metralhadoras / Canhões
(Ao serviço francês) 1 metralhadora Vickers sincronizada de 7,7 mm
(Ao serviço britânico) 1 metralhadora Lewis de 7,92 mm em montagem Foster
Foguetes / Misseis / Bombas
 

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
- Tipo de Avião - 
Texto
 

PRINCIPAIS UTILIZADORES


França Bélgica Checoslováquia Chile Colômbia Estónia E.U.A. Finlândia Hungria
Holanda Itália Polónia Portugal Reino Unido Roménia União Soviética Ucrânia Uruguai

HISTORIAL


Texto

Aviões de comparável missão, configuração e época

       
Albatross C.VII Airco DH.5 Fokker D.III Sopwith Pup
Sopwith Triplane Vickers F.B.19    

GALERIA


     

VIDEOS


     

PROFILES


Nieuport Ni 17
 
Nº.1662; Paul Tarascon, Escadrille Nº.62, Chipilly, França, novembro de 1916   Nº.1490; Charles Nungesser, Escadrille Nº.124, França, Bar-le-duc - Béhonne, França, julho de 1916
     
 
Nº. desconhecido, Jean Matton, Escadrille Nº.48, França, Lunéville, França, julho de 1916   Nº.1560; Mathieu Tenant de la Tour, Escadrille Nº.3, França, Cachy, agosto de 1916
     
     

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


 

 

Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
Bibliografia - Livros
Aviões de Guerra Aviões - Tecnologia de ponta e mobilidade
Bibliografia - Revistas
   
Créditos Fotográficos e outros
(1) - Ronnie Macdonald from Chelmsford, United Kingdom, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons
(3) - 

  


Última atualização da página: 15/07/2022