Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (2264 votos)

ONLINE
2




Partilhe esta Página



 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


  

EXPOSIÇÕES NACIONAIS


OS MEUS KITS

ÚLTIMO TRABALHO REALIZADO


MILITARIA

ÚLTIMO AVIÃO A HÉLICE INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Arado AR 64

Arado AR 64

 Arado AR 65

Arado AR 65

Heinkel He 70 (Blitz)

Heinkel He 70 (Blitz)

Dornier Do 17

Dornier Do 17

Heinkel He 50

Heinkel He 50

Heinkel He 111

Heinkel He 111

Henschel Hs 123

Henschel Hs 123


ÚLTIMO AVIÃO A REATOR INTRODUZIDO/ATUALIZADO 

British Aerospace Nimrod

British Aerospace Nimrod

De Havilland DH 106 Comet

De Havilland DH 106 Comet


ÚLTIMO HELICÓPTERO
INTRODUZIDO/ATUALIZADO

AgustaWestland EH-101 Merlin

AgustaWestland EH-101 Merlin


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE LAGARTAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Churchill tank

Churchill tank


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE RODAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Semilagarta M5

Semilagarta M5


 

AJUDE A  MANTER ESTE PROJETODonativos



Total de visitas: 252733
P&H - Henschel Hs 123
P&H - Henschel Hs 123

Henschel Hs 123

- Bombardeiro de mergulho - Alemanha (1936) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

Henschel Hs 123 

See page for author [Public domain], via Wikimedia Commons


RESUMO HISTÓRICO


O Henschel Hs 123 foi projetado como bombardeiro de voo picado. Este género de aparelhos era genericamente designado por “Stuka” do alemão Sturzkampfflugzeug.

Os três primeiros protótipos do Henschel Hs 123, de configuração sesquiplana, ou seja, aviões biplanos cujas asas inferiores são muito mais curtas do que as superiores, foram avaliados em Reichlin, em agosto de 1935, tendo-se perdido dois por desprendimento da asa.

Resolvidos os problemas estruturais, o Henschel Hs 123A-1 entrou em serviço no outono de 1935 (1936 segundo algumas fontes) e seis deles foram enviados para Espanha, em dezembro de 1936, para serem testados em combate pela Legião Condor que auxiliava o general Franco na Guerra Civil Espanhola. Nessa guerra, os Henschel Hs 123A ficaram conhecidos por “Angelito”. Após o términus do conflito e com a saída da Legião Condor de Espanha, mais 10 aparelhos foram adquiridos por esse país, ficando a operar na força aérea espanhola com o Grupo 24, até 1943. Todos os 16 aparelhos adquiridos por Espanha foram destruídos em acidentes.

O HS 123 ainda participou nas campanhas da Polónia, em 1939 e da Bélgica e França em 1940, ou seja, durante as primeiras fases da segunda guerra mundial, mas estava a começar a ficar muito obsoleto e foi definitivamente substituído pelo Junkers Ju 87. Ainda assim foi utilizado até 1944.

Algum tempo após o início da invasão da União Soviética pelas Potências do Eixo através da Operação Barbarossa, os alemães ainda pensaram em reativar a produção deste aparelho, pois apesar de, como referido anteriormente, estar, por essa altura, obsoleto, ainda assim era o único modelo disponível que podia operar nos precários e em muito mau estado, campos de aviação russos. No entanto, isso nunca se veio a concretizar.

 

Designação do aparelho

Esquema B&W


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
Alemanha Henschel & Sohn
Tipologia de missão / Função
 
Projeto antecedente Desenvolvido em
   
voo Introduzido
8 de maio de 1935 1936
Período de produção Aposentado
1936 - 1940 1944
Design Quantidade produzida
  +/- 250 aparelhos
Custo unitário  
   
Período histórico
Guerra civil espanhola e 2ª Guerra Mundial

CARACTERÍSTICAS GERAIS - Hs 123A-1

Tripulação Comprimento Envergadura Altura
1 8.33 m   10.50 m Sup. e 8.00 m Inf. 3.20 m
Superfície alar Peso vazio Peso máximo à descolagem Teto máximo
24.85 m2 1 500 Kg 2 215 Kg 9 000 m
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Autonomia Autonomia máxima
340 Km/h  Km/h 480 Km 860 Km
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
15 m/s Kg/m2 W/Kg  
Motorização
1 motor de pistão refrigerado a ar BMW 132Dc de 9 cilindros em estrela com  880 cv (656 kW)
Hélices
1 hélice metálica de passo variável com 2 pás
Armamento / Carga bélica
2 metralhadoras MG 17 de 7.92 mm e até 450 kg em bombas (1 bomba SC250 sob a fuselagem e 4 bombas SC50 sob as asas)

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
Texto

PRINCIPAIS UTILIZADORES


País:  Resumo

HISTORIAL


Texto


GALERIA


   

VIDEOS


   

PROFILES


   

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
 Bibliografia
 Aviões-TPM
Aviões - Tecnologia de ponta e mobilidade Airfix Model World - Issue 92 - 07/2018

  


 Última atualização da página: 17/05/2020