Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (2179 votos)

ONLINE
2




Partilhe esta Página



 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


  

EXPOSIÇÕES NACIONAIS


OS MEUS KITS

ÚLTIMO TRABALHO REALIZADO


MILITARIA

ÚLTIMO AVIÃO A HÉLICE INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Junkers Ju 188

Junkers Ju 188

JUNKERS JU 88

Junkers Ju 88

Northrop P-61 Black Widow

Northrop P-61 Black Widow


ÚLTIMO AVIÃO A REATOR INTRODUZIDO/ATUALIZADO 

Mikoyan-Gurevich MiG-17

Mikoyan-Gurevich MiG-17

General Dynamics F-111 Aardvark

General Dynamics F-111


ÚLTIMO HELICÓPTERO
INTRODUZIDO/ATUALIZADO

AgustaWestland EH-101 Merlin

AgustaWestland EH-101 Merlin


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE LAGARTAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Type 97 ShinHoTo Chi-Ha medium tank

Type 97 ShinHoTo Chi-Ha


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE RODAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Ford Model C11 ADF

Ford Model C11 ADF


 

AJUDE A  MANTER ESTE PROJETODonativos



Total de visitas: 236579
P&H - General Dynamics F-111
P&H - General Dynamics F-111

General Dynamics F-111 Aardvark

- Caça-bombardeiro / Bombardeiro estratégico - E.U.A. (1967) -

Resumo Histórico Especificações Variantes/ versões Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

General Dynamics F-111 Aardvark 

Link original: By Master Sgt. Patrick Nugent (commons file) [Public domain], via Wikimedia Commons


RESUMO HISTÓRICO


O General Dynamics F-111 foi um caça-bombardeiro birreator de asa de geometria variável, desenvolvido a partir do programa TFX (Caça multiusos, bombardeiro tático) e fabricado pela empresa americana General Dynamics.

Voou pela primeira vez em 1964 e entrou ao serviço em 1967. Foi o primeiro avião tático do mundo a ter seção de asa variável a funcionar eficazmente e também primeiro caça-bombardeiro a ter motores turbofans com pós-combustão o que lhe permite atingir um Mach 2.5 (equivalente a 1 650 mph ou 2 655 km/h).

 A USAF aposentou o caça-bombardeiro em 1998.

Designação do aparelho

Esquema B&W


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Tipologia de missão / Função
E.U.A. Caça-bombardeiro
Bombardeiro estratégico
Design Fabricante
  General Dynamics
Projeto antecedente 1º voo
  21 de dezembro de 1964
Período de produção Quantidade produzida
  563 aparelhos
Introduzido em Retirado em
18 de julho de 1967 USAF: F-111F, 1996 / EF-111A, 1998
RAAF: F-111C, 2010
Custo unitário Período histórico
  F-111F: US$ 10.3 Milhões em 1973 Guerra do Vietname / Guerra do Golfo

CARACTERÍSTICAS GERAIS - F-111A

Tripulação Comprimento Envergadura Altura
2 22.40 m 9.76 / 19.40 m  m
Superfície alar Peso vazio Peso máximo à descolagem Teto máximo
 m2  Kg 41 500 Kg 17 600 m
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Autonomia Autonomia máxima
2 655 Km/h Km/h 6 115 Km  Km
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
 m/s Kg/m2 W/Kg  
Motorização
2 motores Pratt & Whitney TF30-P-100, com 111,6 kN (11 385 kp) de força cada
Armamento / Carga bélica
1 canhão de 20 mm e 13 600 kg de armamento em 8 estações

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
 

PRINCIPAIS UTILIZADORES


País:  E.U.A. / Austrália

HISTORIAL


O General Dynamics F-111 foi um Caça-bombardeiro e Bombardeiro estratégico fabricado pela empresa americana General Dynamics ao abrigo do programa TFX (Caça multiusos, bombardeiro tático), desenvolvido para responder, por um lado, a uma exigência da Força Aérea (USAF) para um aparelho de interdição e ataque de longo alcance e por outro lado, da Marinha para um intercetador embarcado também de longo alcance.

O desenvolvimento das duas versões correu mais ou menos em simultâneo e o voo do primeiro F-111 (como YF-111) foi realizado a 21 de dezembro de 1964. A este seguiram-se outros 17 aparelhos de pré série e mais 141 de série, designados de F-111A.

Mas nem tudo foi fácil no inicio de vida do F-111 já que os diferentes requisitos exigidos ao desenvolvimento de um avião que pudesse ser operado pela Força Aérea e pela Marinha eram muitos e numa fase inicial ocorreram muitos problemas técnicos e mesmo despenhamentos o que levou a que a produção da versão naval, designada de F-111B, fosse cancelada com somente 9 unidades construídas.

Assim, só a USAF é que utilizou operacionalmente o F-111 e o seu registo combate no Vietname, no ataque à Líbia em 1986 e na guerra do Golfo em 1991 vieram a demonstrar inequivocamente a sua elevada precisão como bombardeiro estratégico.

A Austrália (Royal Australian Air Force (RAAF)) foi o único comprador estrangeiro do General Dynamics F-111 tendo adquirido 24 aviões que foram designados de F-111C. Ocorrerem diversos problemas no seu desenvolvimento e foram entregues 10 anos após o inicialmente previsto. Esses aparelhos possuíam asas de maior envergadura que a versão original, um trem de aterragem reforçado e oito estaç para armamento externo enquanto que as versões iniciais americanas só possuíam 4.

A General Dynamics desenvolveu de seguida uma nova versão para a USAF que designou de F-111D. Esta estava equipada com motores mais potentes e novos aviónicos.

O F-111E era um F-111A modernizado e o F-111F surgiu com novos aviónicos e motores ainda mais potentes (TF30-P-100).

Em 1974 a General Dynamics conjuntamente com a Grumman foram incumbidas de desenvolver uma variante de ECM (Contramedidas eletróncias) do F-111 que foi designada EF-111A. Para isso foram usados modelos F-111A que foram convertidos na nova variante através da aplicação de um computador IBM Pi, um dispensador de contramedidas eletrónicas, um recetor de contramedidas de radar, sistemas de auto proteção, navegação inercial a TACAN e radar de segmento do relevo do solo.

A USAF aposentou os seus General Dynamics F-111 em 1998 e RAAF em 2010.


GALERIA


   

VIDEOS


   

PROFILES


   

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
 Bibliografia
 Aviões-TPM
Aviões - Tecnologia de ponta e mobilidade Airfix Model World - Issue 47 - 10/2014

  


 Última atualização da página: 17/03/2020