SITE DEDICADO AO MUNDO DO MODELISMO ESTÁTICO & MILITARIA

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (3716 votos)

ONLINE
1




Partilhe esta Página



 

 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


AJUDE A MANTER ESTE PROJETO

Donativos

 




Total de visitas: 486513
P&H - De Havilland DH.88 Comet
P&H - De Havilland DH.88 Comet

De Havilland DH.88 Comet

 
- Avião de corrida - Reino Unido (1934) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Vídeos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

  De Havilland DH.88 Comet  

Foto: (1) - G-ACSS Grosvenor House numa exposição da Colecção Shuttleworth - Foto: 4 de outubro de 2015

     
  De Havilland DH.88 Comet  
  Airfix - 1/72  

RESUMO HISTÓRICO


O De Havilland DH.88 Comet foi um avião bimotor, britânico, de dois lugares, desenvolvido e construído pela De Havilland Aircraft Company especificamente para participar na Corrida Aérea MacRobertson de 1934, entre o Reino Unido e o Austrália, patrocinada pelo gigante de confeitaria australiano Macpherson Robertson para celebrar o 100º aniversário do Estado de Vitória.

Sir Geoffrey de Havilland, dono da De Havilland Aircraft Company, estava determinado a que a corrida devesse ter um vencedor britânico e assim aceitou o desafio de desenvolver um avião inglês competitivo, que pudesse ganhar a competição uma vez que apesar dos sucessos britânicos em corridas aéreas como o Troféu Schneider, a indústria aeronáutica britânica não possuía, nesse momento, um aparelho adequado para tal.

O Comet foi projetado por Arthur Ernest Hagg e foi encarado como um projeto de prestígio para a empresa, mas também a oportunidade de utilizar as mais modernas técnicas de então, que os requisitos específicos da corrida assim exigiam. Assim, apesar de ser feito de madeira (o único metal utilizado na fuselagem era em componentes de suporte de carga), foi o primeiro avião britânico a incorporar, numa só estrutura todos os elementos de um moderno avião de alta velocidade, nomeadamente, superfícies de voo em monoplano cantilever, trem de aterragem retrátil, flaps de aterragem, hélices de passo variável e uma cabina de pilotagem fechada.

As estimativas iniciais colocavam o custo de cada avião em cerca de £50.000. Sem prespectivas de clientes privados nem de qualquer forma de produção que rentabilizasse o investimento, ainda assim, os responsáveis da De Havilland tomaram a decisão de financiar o projeto puramente nas perspectivas do prestígio que poderia advir e nos dados e conhecimentos que resultariam do projeto. Assim, foram colocados à venda por um preço simbólico de £5.000, desde que requisitados antes de fevereiro de 1934.

Ao todo foram encomendados 3 Comets para a corrida, todos para proprietários privados, sendo que o primeiro avião E-1 (G-ACSP) voou pela primeira vez a 8 de setembro de 1934, apenas seis semanas antes do início da corrida.

O avião foi submetido a um rápido ciclo de desenvolvimento. Os testes correram bem e o Comet ficou pronto a tempo da corrida que teve início a 20 de outubro de 1934, no campo de aviação da R.A.F. de Mildenhall. O Comet G-ACSS Grosvenor House, pilotado por CWA Scott e Tom Campbell Black, foi o vencedor da corrida tendo chegado a Melbourne, após apenas 70 horas e 54 minutos.

O Comet estabeleceu muitos recordes mundiais e nacionais de aviação. No entanto, somente 5 aparelhos foram ao todo construídos (algumas réplicas em escala real também foram construídas), tendo um deles sido operado por Portugal como CS-AAJ “Salazar”.

 

  de Havilland DH.88 Comet  

Esquema B&W: (2) - de Havilland DH.88 Comet - 3 vistas


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
Reino Unido De Havilland Aircraft Company
Tipologia de missão / Função
Avião de corrida
Projeto antecedente Desenvolvido em
   
voo Introduzido
8 de setembro de 1934 1934
Período de produção Aposentado
   
Design Quantidade produzida
Arthur Ernest Hagg 5 aparelhos
Custo unitário Variantes
   
Período histórico
 

CARACTERÍSTICAS GERAIS

Comprimento Envergadura Altura Superfície alar
8.84 m (29 ft) 13.41 m (44 ft) 3.05 m (10 ft) 19.74 m² (215,5 ft²)
Peso vazio Peso carregado Peso máximo à descolagem Teto máximo
1 329 Kg (2 930 lb)  Kg 2 517 Kg (5 550 lb) 5 800 m (19 000 ft)
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Velocidade de perda Autonomia (MTOW)
381 km/h (237 mph, 206 kn) 350 km/h (220 mph, 190 kn) 119 km/h (74 mph, 64 kn) 4 707 km (2 925 mi, 2 542 nmi)
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
4.6 m/s  Kg/m2  kW/Kg  
Tripulação / Capacidade
2 - Piloto e Navegador
Motorização
2 motores de Havilland Gipsy Six R de seis cilindros refrigerados a ar em linha invertida com uma potência por motor de 230 cv/hp (170 kW)
Hélices
2 hélices Ratier com 2 posições de passo variável
Armamento / Carga bélica
Desarmado 

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
- Tipo de Avião - 
Texto
 

PRINCIPAIS UTILIZADORES


Reino Unido França Portugal

HISTORIAL


Texto

Aviões de comparável missão, configuração e época

188x141 px      
Caudron Typhon Grigorovich E-2    

GALERIA


400x300 px (pequena)   Link: 1200 px

VIDEOS


     

PROFILES


     

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


Sites e Blogs
Wikipedia-Eng  
   
Bibliografia - Livros
   
   
Bibliografia - Revistas
 
Airfix Model World - Issue 09 - 08/2011  
Créditos Fotográficos e outros
(1) - Airwolfhound from Hertfordshire, UK, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons
(2) - Airwar.ru

  


Última atualização da página: 28/07/2022