SITE DEDICADO AO MUNDO DO MODELISMO ESTÁTICO & MILITARIA

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (4148 votos)

ONLINE
2




Partilhe esta Página



 


AJUDE A MANTER ESTE PROJETO

VISITANDO

 Logo Temu

OU DOANDO

Donativos

 




Total de visitas: 584174
P&H - Curtiss C-46 Commando
P&H - Curtiss C-46 Commando

Curtiss C-46 / R5C "Commando"

- Avião de transporte militar - E.U.A. (1941) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

  Curtiss C-46 Commando  

Foto: (1) - Curtiss C-46D Commando da USAF

     

RESUMO HISTÓRICO


O Curtiss C-46 “Commando” foi um avião bimotor de transporte militar, de asa média, utilizado sobretudo pelos americanos, durante a 2ª Guerra Mundial.

Desenvolvido a partir do Curtiss-Wright CW-20, concebido em 1937 por George A. Page Jr., projetista chefe da Curtiss-Wright, como avião comercial pressurizado de alta altitude, o Curtiss C-46 “Commando” viveu sempre na sombra do rival contemporâneo Douglas C-47 Skytrain/Dakota e embora fosse, na altura, o maior e mais pesado avião bimotor do mundo e tivesse por missão um papel semelhante ao avião da Douglas, não foi tão largamente produzido já que só foram produzidas pouco mais de 3 000 unidades, ao invés do Douglas que teve mais de 10 000 unidades produzidas.

No entanto, uma vez que possuía um excelente raio de ação e robustez, chamou a atenção das autoridades militares que procuravam um aparelho com essas características a fim de servir nas vastas áreas do pacífico onde, por vezes, era necessário operar em campos de aviação sem as melhores condições.

O modelo de produção militar foi designado de C-46 e tinha algumas diferenças relativamente à versão civil, de entre as quais se pode destacar a troca dos motores Pratt & Whitney R-2600 originais por motores mais potentes Pratt & Whitney R-2800, o reforço do piso e a instalação de uma porta de carga, e ainda um sistema de guincho hidráulico a fim de facilitar o carregamento e descarregamento das cargas e consequentemente melhor o adequar às funções de um avião de carga militar.  Também foram realizadas alterações ao projeto inicial de forma a permitir uma produção mais fácil, rápida e em grande escala do aparelho. O C-46 não era pressurizado.

O compartimento de carga do C-46 podia acomodar cinco motores Wright R-3350 ou o seu peso equivalente noutras cargas, 33 macas ou 50 soldados totalmente equipados.

Com a entrada dos E.U.A. na guerra, a produção do C-46 aumentou grandemente uma vez que ele era o único avião com capacidade de transportar carga pesada a grande altitude. Isso mostrou-se particularmente importante quando houve a necessidade de transportar mantimentos essenciais para as forças aliadas, da Índia para a China, através da cordilheira dos Himalaias.

O Curtiss C-46 começou a ser então amplamente utilizado pela Força Aérea do Exército dos Estados Unidos e também pela Marinha de Guerra dos E.U.A., onde era designado de R5C, sobretudo no teatro de guerra do Pacifico, utilização essa que se prolongou inclusivamente às primeiras fases da Guerra do Vietname.

Após o términus da 2ª Guerra Mundial, alguns aparelhos excedentes C-46 foram adaptados para a sua função original de aviões comerciais de passageiros, mas a oferta excessiva de C-47’s dominava o mercado, pelo que a maioria continuou em serviço na força aérea americana, num papel secundário, até 1968, altura em que foram aposentados.

A boa qualidade geral do Curtiss C-46 “Commando” fica ainda mais patente se tivermos em consideração que alguns aparelhos sul-americanos só foram abatidos ao serviço nos anos 80 do século passado. 

 

  Curtiss C-46 Commando  

Esquema B&W: (2) - Curtiss C-46 Commando - 3 vistas


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
E.U.A. Curtiss-Wright Corporation
Buffalo
New York and Higgins Aircraft
Michoud LA
Tipologia de missão / Função
Avião de transporte militar e civil
Projeto antecedente Desenvolvido em
   
voo Introduzido
26 de março de 1940 1941
Período de produção Aposentado
1940 - 1945  
Design Quantidade produzida
  3 181 aparelhos
Custo unitário Variantes
   
Período histórico
2ª Guerra Mundial / Guerra do Vietname

CARACTERÍSTICAS GERAIS - Curtiss C-46A Commando

Comprimento Envergadura Altura Superfície alar
23,27 m (76.4 ft) 32,92 m (108 ft) 6,63 m (21.9 ft) 126,30 m² (1 360 ft²)
Peso vazio Peso carregado Peso máximo à descolagem Teto máximo
13 911 kg (30 669 lb)  Kg 20 412 kg (45 000 lb) 7 500 m (24 500 ft)
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Autonomia bélica Autonomia (MTOW)
430 km/h (270 mph; 235 kn) a 4 600 m 278 Km/h (173 mph; 150 kn)  Km 5 070 km (3 150 mi; 2 740 nmi)
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
6.0 m/s Kg/m2 W/Kg 8.3
Tripulação
4 ou 5 tripulantes + 40 soldados ou 30 macas ou uma carga útil de 6 800 kg (15 000 lb) 
Motorização
2 motores radiais Pratt & Whitney R-2800-51 de 18 cilindros, refrigerados a ar com uma potência de 2 000 cv/hp (1 490 kW) cada
Hélices
Hélices eléctricas de velocidade constante de 4 pás
Armamento / Carga bélica
Metralhadoras / Canhões
 
Foguetes / Misseis / Bombas
 

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
- Tipo de Avião - 
Texto
 

PRINCIPAIS UTILIZADORES


Utilizadores militares
E.U.A. Argentina Bolívia Brasil Camboja China Colômbia Coreia do Sul Cuba Egito
Equador Haiti Honduras Israel Japão Laos México Peru Rep. Dominicana União Soviética
Utilizadores civis
E.U.A. Alemanha Argentina Bolívia Brasil Canada Chile China Colômbia Congo
Costa Rica Cuba Curaçau Egito Guatemala Haiti Honduras Hong Kong Irlanda Israel
Itália Jordânia Laos Luxemburgo Marrocos Nicarágua Noruega Quénia Paraguai Peru
       
Reino Unido Rep. Dominicana Suécia Taiwan Uruguai Venezuela        

HISTORIAL


Texto

Aviões de comparável missão, configuração e época

       
A. W. Albermarle Boeing 307 Stratoliner Douglas C-47 Skytrain Junkers Ju 52/3m

GALERIA


  Curtiss C-46
Foto: (3) - Fotografia tirada em tempo de guerra de um C-46 "Commando" da USAAF   Foto: (4) - Vista aérea de um C-46 "Commando" da USAAF
     
Curtiss C-46A   Curtiss C-46D
Foto: (5) - Curtiss C-46A N69095 excedentário ainda com as cores de guerra e insígnias do Comando de Transporte Aéreo. Em Hayward, CA, Agosto de 1954   Foto: (6) - Curtiss C-46D-10-CU (44-77537) em Boise, Idaho, Agosto de 1952
     
 
Foto: (8) - Curtiss C-46D Commando em Dusseldorf, operado pela Capitol Airways em nome da Lufthansa   Foto: (7) - C-46 Commando da empresa boliviana Transaereos Illimani, 30 de novembro de 1977
     

VIDEOS


 

PROFILES


     

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
Bibliografia - Livros
Aviões de Guerra Aviões - Tecnologia de ponta e mobilidade
Bibliografia - Revistas
   
Créditos Fotográficos e outros
(1) - Public domain, via Wikimedia (2) - Curtiss C-46 Commando, via airwar.ru
(3) - usaf, Public domain, via Wikimedia Commons (4) - See page for author, Public domain, via Wikimedia Commons
(5 e 6) - Bill Larkins, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons (7) - Christian Volpati (GFDL 1.2), via Wikimedia Commons
(8) - Ralf Manteufel (GFDL 1.2), via Wikimedia Commons  

  


Última atualização da página: 07/01/2023