SITE DEDICADO AO MUNDO DO MODELISMO ESTÁTICO & MILITARIA

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (3716 votos)

ONLINE
2




Partilhe esta Página



 

 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


AJUDE A MANTER ESTE PROJETO

Donativos

 




Total de visitas: 486532
P&H - Bachem Ba 349 Natter
P&H - Bachem Ba 349 Natter

 

 

Bachem Ba 349 Natter

 
- Avião Intercetador  - Alemanha (1945) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

  Bachem Ba 349 Natter  

Link original: Valder137, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

     

RESUMO HISTÓRICO


O Bachem Ba 349 Natter foi um intercetador monoposto equipado com foguetes desenvolvido pelos alemães no final da 2ª Guerra Mundial como parte do desesperado esforço para enfrentar as sucessivas vagas de bombardeiros aliados que atacavam a Alemanha.

Basicamente o Natter seria um míssil pilotado, semi-reaproveitável e impulsionado um foguete Walter 109-509A-2 (o mesmo do Messerschmitt 163) que lhe daria 2 a 3 minutos de empuxo, sendo o resto do voo planado. Foi projetado sob a liderança de Erich Bachern e a maioria dos componentes empregues no seu fabrico eram feitos de madeira como forma de poupança de materiais estratégicos para a guerra.

Este projeto assentava na ideia de o lançamento ser realizado através de uma rampa vertical e a descolagem ser auxiliada, durante cerca de 10 segundos, por quatro foguetes de combustível sólido Schmiddling 533, antes de serem ejetados. Assim, o aparelho deveria atingir grandes altitudes e depois, em voo planado, o piloto deveria atacar as formações de bombardeiros. Para isso, devido à escassa autonomia, deveria ser lançado somente quando os bombardeiros aliados estivessem bastante perto.

Após a realização da intercessão o aparelho deveria descer a cerca de 1 400 metros onde o piloto acionaria um mecanismo que separaria o aparelho em partes, algumas das quais seriam posteriormente aproveitadas pois desceriam amparadas por um paraquedas.

Os testes começaram em outubro de 1944 e os primeiros voos, executados com nove protótipos, foram de voo planado, sendo os aparelhos lançados a partir de um Heinkel He 111. Surpreendentemente o Natter apresentou grande estabilidade apesar das suas asas curtas. Em dezembro de 1944 foi realizado com sucesso um lançamento sem piloto com propulsão a foguete a que se seguiu, em fevereiro de 1945, primeiro lançamento pilotado. Porém, por causa de uma falha da canopy, o piloto de testes Lothar Siebert, não sobreviveu.

No entanto, o desenvolvimento do projeto não foi interrompido e em abril de 1945 nove, dos 36 Natter construídos, foram posicionados para lançamento. Porém o avanço por terra das tropas aliadas levou os próprios alemães a destruírem os aparelhos para que estes não caíssem em mãos inimigas e assim nenhum bombardeiro aliado chegou efetivamente a ser intercetado.

 

  Bachem Ba 349 Natter  

Esquema B&W: KaboldyCC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
Alemanha Bachem Werke GmbH
Tipologia de missão / Função
Avião de intercessão
Projeto antecedente Desenvolvido em
   
voo Introduzido
1 de março de 1945 1945
Período de produção Aposentado
1944 - 1945  
Design Quantidade produzida
Erich Bachem 36 aparelhos
Custo unitário Variantes
   
Período histórico
2ª Guerra Mundial

CARACTERÍSTICAS GERAIS - Ba 349B-1

Comprimento Envergadura Altura Superfície alar
6 m (19,7 ft) 4 m (13,1 ft)   2,25 m (7,38 ft)   4,7 m² (50,6 ft²)
Peso vazio Peso carregado Peso máximo à descolagem Teto máximo
  880 kg (1 940 lb) 2 232 kg (4 920 lb)  Kg   12 000 m (39 400 ft)
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Autonomia bélica Autonomia (MTOW)
1 000 km/h (540 kn) 800 km/h (432 kn)  Km   60 km (37,3 mi) /  0:4.36 h(s)
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
190 m/s Kg/m2 W/Kg 3.4
Tripulação
 
Motorização
  1 foguete Walter HWK 109-509C-1 bi-prolente com um empuxo de 1 130 kgf (11 100 N / 11.2kN) +
4 foguetes Schmidding 109-533 com um empuxo de 499 kgf (4 890 N / 4.9 kN) ou
2 foguetes de combustível sólido com um empuxo de 999 kgf (9 800 N / 9.8 kN)
Armamento / Carga bélica
Metralhadoras / Canhões
2 canhões MK 108 de 30 mm (1,18 in) com 30 rpg (proposto) ou
Foguetes / Misseis / Bombas
  24 células de foguetes Henschel Hs 297 de 73 mm (2,87 in) ou
33 células de foguetes R4M de 55 mm (2,17 in)

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
- Tipo de Avião - 
Texto
 

PRINCIPAIS UTILIZADORES


País:  Resumo

HISTORIAL


Texto

Aviões de comparável missão, configuração e época

       
       

GALERIA


     

VIDEOS


     

PROFILES


     

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES

 

 


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng  
     
 Bibliografia
 Aviões de guerra  
 Aviões de Guerra Airfix Model World - Issue 31 - 06/2013  

  


 Última atualização da página: 10/07/2021